© PHOLHAS PRODUÇÕES

2019

www.pholhas.com.br 

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

CASA DAS MÁQUINAS

Voltar parar "João Alberto"
Voltar parar "João Alberto"
Voltar parar "João Alberto"

O grupo "Casa das Máquinas", foi uma das mais importantes bandas paulistanas de rock dos anos 1970. Na primeira formação tinha:

  • José Aroldo Binda - guitarra;

  • Luiz Franco Thomaz (Netinho, ex Incríveis) - bateria;

  • Carlos Roberto Piazzoli (Piska) - guitarra;

  • Carlos Geraldo Carge (ex Som Beat) - baixo e guitarra;

  • Pique (ex banda Roberto Carlos) - órgão/piano/saxofone/flauta;

No começo ficaram conhecidos como os "Novos Incríveis", fazendo shows por todo o Brasil. Seu repertório incluía músicas de Elvis Presley, Paul Anka, Neil Sedaka, entre outros. Nas apresentações vestiam figurinos, maquiavam-se e davam grandes performances teatrais no palco. Gravaram o primeiro LP "Casa das Máquinas" em 1974 e na sequência houve a saída de Pique. Entraram o tecladista Mario Testoni Jr. e o baterista Marinho Thomaz, irmão de Netinho, com isso a banda foi uma das primeiras a ter dois bateristas. Em 1975 gravaram o LP "Lar de Maravilhas", adotando um estilo mais progressivo. Em seguida mudaram alguns integrantes: Carlos Geraldo e Aroldo saíram e o grupo passou a procurar por um vocalista e um baixista. Simbas veio para assumir os vocais principais, mas ainda sem um baixista entraram em estúdio para gravar o LP "Casa de Rock" em 1976. Piska fez as linhas de baixo e só depois foi convidado João Alberto para assumir o posto. Em 1977 foi a vez de Marinho Testoni deixar a banda, seu contrato estava acabando e ele recebeu uma boa proposta para integrar o grupo "PHOLHAS". No final de 1978 João Alberto também saiu, e seguindo os passos de Marinho veio se juntar aos "PHOLHAS", entrando no lugar de Oswaldo Malagutti, o qual iria dedicar-se exclusivamente ao seu recém montado estúdio de gravações que viria a ser o famoso "MOSH STUDIOS".

"Casa das Máquinas" terminou até 1979, voltando novamente em 2003 e continua até hoje passando por várias formações.