© PHOLHAS PRODUÇÕES

2019

www.pholhas.com.br 

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

TIJOLINHO

A música foi composta em 1964 por Bitão quando tinha 13 anos. Bobby De Carlo a gravou em 1966, no auge da “Jovem Guarda”, fazendo enorme sucesso. Posteriormente vários artistas a regravaram: "Os Vips", "Golden Boys", "The Fevers", "Harmony Cats", "Polegar", grupo "Raça Negra" que gravou em ritmo de pagode, "Brunno Carvalho" (com a participação de  Bitão no violão), etc.

TIJOLINHO"

Wagner Benatti (Bitão)

 

SEI QUE SE ESPERAR MAIS UM POUQUINHO,

MEU AMOR E O MEU CARINHO

A VOCE VOU DAR,

SEM ME ARREPENDER

 

DEMOREI MAS ENCONTREI VOCÊ,

QUE É SINCERA,

E AGORA JÁ NÃO QUERO MAIS

ESTA LONGA ESPERA, PORQUE...

 

VOCÊ É MEU AMORZINHO

VOCÊ É MEU AMORZÃO

VOCÊ É O TIJOLINHO,

QUE FALTAVANA MINHA CONSTRUÇÃO...

É VERDADE, É VERDADE, É VERDADE..

--------------------------------------------------

Letra original (1964)

OUÇA A GRAVAÇÃO ORIGINAL

TIJOLINHO - Bobby de Carlo
00:00 / 00:00

Capa do LP Bobby de Carlo de 1967, com a música "Tijolinho"

Capa do 2° compacto simples de Bobby de Carlo com as musicas “Teimosa” e “A boneca que diz não”, esta uma versão de "La Poupée qui fait non" de Michel Polnareff.